Os bairros de Belém

No período de 1950 a 1960, os bairros mais populosos de Belém eram o Marco, Umarizal e Telégrafo Sem fio, que representavam 30,77% do efetivo humano da cidade. Os bairros antigos de Belém neste período, como Comércio, Reduto, São Brás e Cidade Velha também possuíam uma população maior que em 1960.

O bairro do Jurunas, no período de 1950-60, era o bairro de maior variação absoluta de população, juntamente com o bairro da Condor e Guamá. O Jurunas chegava a alcançar 26,10% do aumento sofrido por Belém.

Estes bairros apresentavam índices de crescimento muito expressivos: o Jurunas, 101,08%; Condor 580,90% (o maior registro da cidade); Guamá, 68,52%. Dos bairros da zona norte, o de Sacramenta alcançou um índice de 210,69%; Sousa, 201,22% e Marambaia, 112,04%. Eram considerados os bairros de maior crescimento demográfico, conhecidos como bairros populares, fazendo contraste com os velhos bairros do Comércio e Reduto (com diminuição de 15,57% e 23, 21%). Já a Cidade Velha apresentou um crescimento de 23,25%.

Nessa época também, o bairro de Nazaré teve um crescimento demográfico, em conseqüência da presença de edifícios de apartamentos, que já existiam em grande número no próprio bairro, em São Brás e em Batista Campo.

 

Quadro Estatístico da Cidade de Belém

Relação dos Bairros mais populosos

Em ordem decrescente 1950

 

Bairros

População

Absoluta

% em relação a pop. absoluta de Belém

Densidade por hectare

Área em ha

Umarizal

26.290

11,67

113,6

231,4

Marco

26.286

11,66

59,1

444,4

Telégrafo Sem Fio

16.778

7,44

71,2

235,4

Pedreira

16.125

7,15

46,1

349,6

São Brás

15.701

6,97

132,9

118,1

Jurunas

14.904

6,61

74,5

200,0

Guamá

13.885

6,16

33,3

416,7

Comércio

13.824

6,13

144,3

95,8

Canudos

11.975

5,31

101,4

118,0

Cidade Velha

9.837

4,36

121,7

80,8

Reduto

9.211

4,08

121,0

76,1

Cremação

9.119

4,04

61,8

147,4

Matinha

8.189

3,63

145,9

56,1

Nazaré

7.518

3,33

55,0

136,5

Batista Campos

7.293

3,23

67,0

108,7

Sacramenta

6.686

2,96

22,4

297,2

Marambaia

4.933

2,19

6,9

713,7

Sousa

4.836

2,14

12,4

388,8

Condor

1.828

0,81

10,4

174,6

Terra Firme

-

-

-

-

belém

225.218

 

50,1

4.389,3

A população absoluta foi fornecida pelo Insp. Reg. IBGE (Belém)

 

PENTEADO, 1968, p.208.

PENTEADO: 1968; 211.

 

A nova constituição e a volta de Vargas

O contexto político paraense nos anos agitados anos 50

As eleições tumultuadas de 1951

Governadores Constitucionais: Moura Carvalho

Governadores Constitucionais: Alberto Engelhard

Governadores Constitucionais: Waldir Bouhid

Governadores Constitucionais: Arnaldo Lobo

Governadores Constitucionais: Abel Nunes Figueiredo

Governadores Constitucionais: Zacarias de Assumpção

Governadores Constitucionais: Edward Cattete Pinheiro

Governadores Constitucionais: Magalhães Cardoso Barata

Barata: o grande articulador político

Barata e a criação do PSD

Deputados Estaduais para o período 1946-1951

A composição da Assembléia Legislativa em 1950

Deputados Estaduais eleitos no pleito do dia 03 de outubro de 1950

Senadores

Prefeitos do período de 1950 a 1959

O Brasil no fim da década de 1940 e na década de 1950: perfil sócio-econômico

A Economia do Estado do Pará na década de 50

A indústria paraense

O surgimento dos sindicatos

Aspectos Sociais de Belém nos anos 50

Os bairros de Belém

Aspectos Culturais de Belém no período de 1950 a 1959

O Carnaval como grande manifestação popular da época

O Rei Momo, o Comércio e os bailes carnavalescos

A Popularização do Carnaval em Belém e no interior do Estado

O Círio de Nazaré e o sucesso do teatro

A Sétima Arte presente no cotidiano paraense

As ruas do Comércio de Belém e o marketing inteligente

Bibliografia