Governadores Constitucionais

  • Dr. Abel Nunes Figueiredo – 1951

Nasceu em Soure, a 30 de novembro de 1896. Formou-se em cirurgião dentista em 1921, pela Faculdade de Odontologia do Pará. Ingressou na política após a queda do “Estado Novo”, sendo eleito deputado em 1947, pelo extinto P.S.D., como membro da Coligação Democrática Paraense, foi reeleito Deputado Estadual nas eleições de 03 de outubro de 1950.

Eleito Presidente da Assembléia Legislativa no dia 8 de janeiro e assume o Governo do Estado pela primeira vez no período de 9 a 21 de fevereiro de 1951 e pela segunda vez, de 04 a 15 de abril do mesmo ano. No dia 13 de abril de 1951 foi reeleito Presidente da Assembléia Legislativa; voltou a assumir o cargo de Governador do Estado de 04 a 19 de junho e de 15 de setembro a 20 de outubro de 1951. Em abril de 1953, Abel Nunes Figueiredo assumiu pela quinta vez o Governo do Estado.

Nas eleições de 03 de outubro de 1958 foi eleito pela terceira vez Deputado Estadual e no período de 03 de fevereiro a 09 de abril de 1959, assumiu pela sexta vez o Governo do Estado devido o impedimento do titular General Joaquim Magalhães Cardoso Barata. O Dr. Abel Nunes Figueiredo foi, durante quase trinta anos, o professor catedrático da Faculdade de Odontologia , da Universidade Federal do Pará.

 

A nova constituição e a volta de Vargas

O contexto político paraense nos anos agitados anos 50

As eleições tumultuadas de 1951

Governadores Constitucionais: Moura Carvalho

Governadores Constitucionais: Alberto Engelhard

Governadores Constitucionais: Waldir Bouhid

Governadores Constitucionais: Arnaldo Lobo

Governadores Constitucionais: Abel Nunes Figueiredo

Governadores Constitucionais: Zacarias de Assumpção

Governadores Constitucionais: Edward Cattete Pinheiro

Governadores Constitucionais: Magalhães Cardoso Barata

Barata: o grande articulador político

Barata e a criação do PSD

Deputados Estaduais para o período 1946-1951

A composição da Assembléia Legislativa em 1950

Deputados Estaduais eleitos no pleito do dia 03 de outubro de 1950

Senadores

Prefeitos do período de 1950 a 1959

O Brasil no fim da década de 1940 e na década de 1950: perfil sócio-econômico

A Economia do Estado do Pará na década de 50

A indústria paraense

O surgimento dos sindicatos

Aspectos Sociais de Belém nos anos 50

Os bairros de Belém

Aspectos Culturais de Belém no período de 1950 a 1959

O Carnaval como grande manifestação popular da época

O Rei Momo, o Comércio e os bailes carnavalescos

A Popularização do Carnaval em Belém e no interior do Estado

O Círio de Nazaré e o sucesso do teatro

A Sétima Arte presente no cotidiano paraense

As ruas do Comércio de Belém e o marketing inteligente

Bibliografia