Deputados Estaduais (legislatura de 1947 a 50)

•  Antônio Teixeira Gueiros (PSD) – Advogado, bacharel em Teologia e professor, o pernambucano Gueiros era conhecido como “Leão do Norte”. Foi casado e teve sete filhos, entre eles, o ex-prefeito de Belém e ex-governador Hélio da Mota Gueiros. Escreveu artigos nos jornais “A Província do Pará”, “O Estado do Parᔠe “Folha do Norte”. Em Belém, foi promotor público, delegado de polícia e chefe de Polícia do Estado no governo de Magalhães Barata, período da 2ª Guerra Mundial. Colaborou no governo do Estado Novo como presidente do Conselho Administrativo. Na interventoria de Otávio Meira em 46, foi nomeado secretário geral de Estado e aposentou-se como consultor geral.

Em 1947, foi eleito à Assembléia Legislativa e escolhido presidente do Poder pelos demais deputados. Permaneceu no posto até 49. Também foi eleito pelos deputados como o primeiro vice-governador do Estado, em 10 de julho de 47, assim que o cargo foi criado pelas Disposições Transitórias. Chegou a governar o Pará algumas vezes. Renunciou ao mandato parlamentar para beneficiar o seu suplente Porfírio Neto. Em 1950, foi eleito deputado federal, mandato que também desempenhou parcialmente.

 

•  José Porfírio de Miranda Neto –Teve o mandato cassado no governo de Moura Carvalho. Foi substituído por Reis Ferreira.

•  José Manoel Reis Ferreira (PSD) – Em período de licença, por Zeno Ferreira, em 22 de setembro de 46.

•  Francisco Siqueira Pereira (PSD) – licenciou-se em 10 de outubro de 49, tendo sido substituído em licença por Líbero Luxardo.

•  Ney Rodrigues Peixoto (PSD) – durante o mandato foi substituído por Flávio Bezerra.

•  Flávio Bezerra (PSD) - foi substituído em licença por Líbero Luxardo de 30 de agosto a 10 de outubro de 49.

•  Rosa Rabelo Pereira (PSD) – foi substituída por Zeno Ferreira, em 23 de setembro de 46.

•  Balduíno Antônio de Ataíde (PSD)

•  Waldemir Alves Santana (PSD)

•  Joaquim Lobão da Silveira (PSD)

•  Célio Dacier Lobato (PSD)

•  Lindolfo Marques Mesquita (PSD) – foi primeiro secretário da Mesa Diretora da Assembléia Legislativa na gestão de Teixeira Gueiros.

•  João Camargo (PSD)

•  Francisco Maria Bordalo (PSD)

•  Sílvio Bastos Meira (PSD) – líder do partido na Assembléia Legislativa. Um dos poucos que sobreviveu na política após a extinção do Poder com o golpe que instituiu o Estado Novo, em 1937. Naquele ano, ele possuía mandato de deputado estadual.

•  Waldir Bouhid (PSD) – foi primeiro vice-presidente da Assembléia Legislativa, na gestão de Teixeira Gueiros.

•  Alberto Engelhard (PSD) – foi nomeado prefeito de Belém pelo interventor federal Magalhães Barata, em cinco de maio de 47.

•  Carlos Sabóia (PSD) – substituiu Alberto Engelhard e acabou tendo o mandato cassado no governo de Moura Carvalho.

•  Graciano da Trindade Almeida (PTB) – Ex-UDN, substituiu o deputado cassado Carlos Sabóia.

•  João de Paiva Menezes (PSD)

•  Themístocles Santana Marques (PSD)

•  Enéas Lalor Barbosa (PSD)

•  Pedro Nunes Rodrigues (PSD) – Outro deputado de 37 que conseguiu retornar à Câmara Estadual com o fim do Estado Novo.

•  Lauro dos Santos Melo (PSD)

•  Luiz Clementino de Oliveira (PSD) – foi segundo secretário da Assembléia Legislativa na gestão de Teixeira Gueiros.

•  Padre Cupertino Contente (PSD) – autor de um projeto que obrigou a colocação de uma imagem de Cristo no plenário.

•  José Maria Lins de Vasconcelos Chaves (PTB)

•  Mário Midosi Chermont (PTB) – foi cassado no governo de Moura Carvalho, tendo sido substituído por Antônio Caetano.

•  Antônio Caetano (PTB)

•  José Rodrigues Viana (PTB)

•  João Prisco dos Santos (PTB) – ex-UDN (União Democrática Nacional), foi 2º vice-presidente da Assembléia Legislativa na gestão de Teixeira Gueiros.

•  Henrique Felipe Santiago (PCB) – Único representante do seu partido na Assembléia. Acabou sendo cassado no governo de Moura Carvalho, em 20 de janeiro de 1948. Foi substituído por Diogo Costa (PCB).

•  Diogo Costa (PCB)

•  Aldebaro Cavaleiro de Macedo Klautau (PSP) – Líder do PSP. Outro político que resistiu à extinção do Legislativo Estadual, retornando ao cargo de deputado através de eleição. Elaborou projeto de lei que garantia a gratuidade do ensino oficial em todos os graus e ramos, mas o projeto foi rejeitado no Legislativo.

•  Augusto Pereira Corrêa (PSP) – foi cassado pelos demais deputados , acusado de advogar contra o Estado.

•  Licurgo de Freitas Peixoto (PSP)

•  Joaquim Serrão de Castro (PSP)

•  Celso Cunha da Gama Malcher (PSP)

•  Sílvio Leopoldo Macambira Braga (PSP)

•  Abel Nunes de Figueiredo (PSP)

•  Flávio Guy Moreira (PSP)

•  Juvêncio de Figueiredo Dias (PSP) – foi cassado na gestão de Moura Carvalho. Tendo sido substituído por Rui Barata.

•  Rui Guilherme Paranatinga Barata (PSP)

 

Aspectos Políticos nos anos 40

Novos partidos políticos

Quem eram os políticos? Governadores

Senadores e Deputados Federais

Deputados Estaduais

Prefeitos de Belém

Vereadores

Aspectos Econômicos da década de 40

Aspectos Sociais da década de 40

Censo Demográfico de 1940

Bibliografia